Ser feliz é o que importa, sem medo de arriscar.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Ser feliz é o que importa, sem medo de arriscar. 
Prefiro usar meu tempo vivendo. Não tenho medo e por isso as coisas acontecem. Sou aberta para os novos sentimentos. Não tenho medo de me apaixonar, de ser feliz, de conhecer. O meu único medo é deixar de viver uma coisa que pode modificar toda a minha existência. Felicidade a gente encontra nas coisas simples. Alegria e carinho, vem ás vezes de onde a gente menos espera.
Concordo plenamente com o lema "Acordo arrependida, mas não durmo com vontade". Sentir vontade pra quê? Prefiro me arrepender do que eu fiz, do que me arrepender do que eu deixei de fazer. É torturante pensar em como deveria ter sido se eu tivesse feito tal coisa. Se eu me arrepender, não vai ser nem a primeira e nem a última vez. Arrependimento ensina, medo paralisa.  -Cheyane R. Costa

0 comentários:

Postar um comentário







Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!